Filha de Luz María "Lucero" León Saubinet e de António Hogaza López , este falecido em 21 de Julho de 2001, decorrente a uma parada cardíaca, sendo cremado e tendo suas cinzas depositadas em um panteão ao norte da Cidade do México.
O falecimento ocorreu decorrente a um infarto. Hogaza López faleceu às 18:30 horas daquele sábado no Hospital ABC.
Segundo pessoas próximas a Lucero, seu pai padecia de um mal de arritmia coronariana

 

 

"Eu tinha 10 anos, e depois de anos de insistência e fazer "meus shows" para os convidados e minha família, minha mãe decidiu ouvir-me, e disse que em poucos meses me levaria a Televisa para tentar-mos uma oportunidade."

Tem como irmão António Hogaza, que é 3 anos mais velho. 

Na infância, sofria de dislexia, problema em que tinha dificuldade de ler e escrever.

Somente conseguiu superar com ajuda de seu irmão, cujo a ensinou a ler e escrever antes de Lucero finalmente ingressar em uma escola.

 

"Eu entrei para o jardim de infância" República de El Salvador ", localizado na Colônia de Nápoles, de onde eu tenho boas lembranças da senhorita Tere e minhas amigas Paty e Leslie, e de um menino que eu achava gordo e sempre me incomodava e puxava minhas tranças."

 

 

"Lembro-me bem que sofria de dislexia (incapacidade de ler e compreender o que é lido e, em alguns casos, dificuldade de escrever), também escrevia da direita para a esquerda. Toño me ensinou a ler, somar, subtrair e escrever a base de cascudos. Assim, pude superar essa pequena trava psicológica e ainda pude saltar a pré-primária para entrar diretamente na primária. 

Ahh, algo muito importante!... Quando estava com 5 anos eu tive meu primeiro namorado e chamava-se Rolando, um priminho distante que, aliás, era muito bonito."

 

"Eu entrei para a primária em uma escola chamada "Colegio Florida" e lá estudei até terceiro grau da primária. 

Nessa época minha mãe organizava reuniões familiares em casa e eu animava as festas com o meu violão e algumas composições de minha própria autoria. Eu pedi a minha mãe para me levar para a televisão, mas sem sucesso, ela não dava atenção para mim.

Mas, pelo menos me matriculou na aula de violão para que eu aprendesse a tocar melhor. "

 

"Mudei de endereço. Nos mudamos para Cidade Satélite (Naucalpan, Estado de México) e meus pais mudaram-me também de escola. Então passei a estudar em uma escola primária particular chamada "Academy Maddox", lá eu estudei até o terceiro ano da secundária. De "Maddox" conservo até hoje a minha melhor amiga Verónica Fernández.

 

 

"Minha novela preferida era "Mundo de Juguete" e os meus desenhos animados favoritos eram "Pituffo","La Pantera Rosa" e "Señorita Cometa".

Tal era a minha insistência em atuar e interpretar um personagem como Graciela Mauri, que decidi voltar a insistir, cada vez mais, para que minha mãe me levasse para a TV ."

 

 

"Eu tinha 10 anos, e depois de anos de insistência e fazer meus shows" para os convidados e minha família, minha mãe decidiu ouvir-me, e disse que em poucos meses me levaria a Televisa para tentar-mos uma oportunidade."

 

"E no dia 1° de fevereiro de 1980 participei de um "casting" para ser a estrela principal de um programa dedicado a crianças que a Televisa pretendia lançar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma Historia,Um sonho...

LUCERO FALANDO DE SUA TRAGETORIA PARA A TELEMUNDO.

Não perca esta entrevista interessante onde Lucero fala sobre sua carreira e como ele conseguiu permanecer no gosto do público por mais de três décadas .

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon